JULGAMENTO HISTÓRICO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM 01.12.2011

CLIQUE NOS LINKS PARA ASSISTIR O JULGAMENTO HISTÓRICO DE 01.12.2011

ESTAMOS DISPONIBILIZANDO OS LINKS DO YOU TUBE ENVIADOS PELO PROF. MANOEL AZEVEDO. É SÓ CLICAR E VERÁ OS VÁRIOS MOMENTOS DAQUELE HISTÓRICO JULGAMENTO.

Abaixo, respectivamente, estão os endereços no youtube das partes 1 de 5, 2 de 5, 3 de 5, 4 de 5 e 5 de 5 do vídeo do julgamento histórico no STF.

http://www.youtube.com/watch?v=w4DHkYcKpoo
http://www.youtube.com/watch?v=rRE6L0fu4Ks
http://www.youtube.com/watch?v=gQzH1FNS5Sg
http://www.youtube.com/watch?v=8FqTJqKrjww
http://www.youtube.com/watch?v=z1UKoALstcI

terça-feira, 3 de maio de 2016

O DINHEIRO APARECEU E JÁ ESTÁ SENDO CREDITADO NAS CONTAS

EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA-FEIRA DIA 03 DE MAIO DE 2016
CAROS AMIGOS, CARAS AMIGAS

DEPÓSITOS DAS DIFERENÇAS

Desde ontem os depósitos já estão sendo feitos. Dois funcionários da Caixa Econômica estão processando os créditos. Um deles cuida dos créditos dos professores da UECE e outro dos créditos dos professores da URCA e da UVA.
É complicado estabelecer critérios que atendam as pretensões de todos. Por esse motivo a gerencia da Caixa tem alterado o modus operandi para não cristalizar privilégios.

ENQUETES

Participe das enquetes. Manifeste-se. Queremos saber a sua opinião para balizar algumas atitudes que deveremos tomar. 

Não se omita. A nossa omissão acarretou o desmantelo do SINDESP ao longo de mais de vinte anos. Vamos mudar os rumos da história do SINDESP. Confúcio já dizia: "Uma caminhada de mil milhas começa com um passo". 

COLABORE! VAMOS À LUTA!
FIQUEMOS AGORA COM UMA FÁBULA DE MALBA TAHAN QUE NOS ENSINA A OUSAR:

Uma fábula de Malba Tahan
(Miguel Carqueija)

Recordando o grande fabulista brasileiro, cujo nome real é Júlio Cesar de Mello e Souza

    Há muitos anos eu li, num jornal carioca, um interessantíssimo conto de Malba Tahan o nosso grande fabulista, autor de “Mil histórias sem fim”, “Aventuras do Rei Baribê”, “A caixa do futuro” e “O homem que calculava”. Era a história de um famoso físico que procurava, em sua residência, um também famoso entomologista. Este distraía-se com seus insetos, quando o físico chegou e pediu a sua atenção para um problema que estava deixando perplexa toda uma equipe científica.
    Tratava-se do vôo do besouro. Segundo explicou o pesquisador, o besouro era um animal de formato anti-aerodinâmico, pesadão. Suas asas eram frágeis e, em princípio, não poderiam sustentar aquele corpanzil no vôo. Para piorar a situação, o coleóptero estava guarnecido de diversos apêndices incômodos, que só poderiam dificultar e mesmo impedir o deslocamento aéreo. Eram antenas, pinças, patas desajeitadas.
    Para fazer a comprovação definitiva, construíram uma aeronave com a forma e as proporções do inseto, apenas em tamanho maior, e a experimentaram no túnel de provas. O artefato se espatifou todo.
    Assim, concluía o espantado sábio, estava definitivamente provado, cientificamente, matematicamente, que o besouro era um ser incapaz de voar. E, no entanto, para escândalo da Ciência, o besouro voava. Sim, ele voava descaradamente, na frente dos cientistas...
    E o pobre físico, em último recurso, vinha perguntar ao especialista em insetos se ele, ao menos, teria algum meio de elucidar o mistério.
    Este sorriu complacentemente e explicou ao colega, mais ou menos nesses termos, já que estou resumindo de memória:
    — Meu amigo, não há mistério algum. É tudo muito simples. O besouro voa, apesar de tudo o que o senhor falou, porque ele não sabe dessas coisas! Sim, porque se ele soubesse eu garanto que não sairia do chão.



FIQUEMOS AGORA COM DORIS DAY 


NOSSAS ESTATÍSTICAS ÀS 02:45 h DE TERÇA-FEIRA

Visualizações de página de hoje
71
Visualizações de página de ontem
323
Visualizações de página do mês passado

10.190
Histórico de todas as visualizações de página

983.571
     


sexta-feira, 29 de abril de 2016

ENFIM AUTORIZADO O CRÉDITO DAS DIFERENÇAS

EDIÇÃO DE HOJE, SÁBADO DIA 30 DE ABRIL DE 2016
QUERIDOS AMIGOS,QUERIDAS AMIGAS



INFORMA A CAIXA ECONÔMICA QUE O CRÉDITO DAS DIFERENÇAS DE ABRIL JÁ FOI AUTORIZADO.
A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA COMEÇARÃO OS DEPÓSITOS.

ENQUETES

RESPONDA AS ENQUETES QUE SE ENCONTRAM NA PARTE SUPERIOR DA ABA DIREITA DO BLOG. PRECISAMOS SABER SUA OPINIÃO.

DEVOLUÇÃO



O SINDESP COBROU DE NÓS 3 PARCELAS QUE CORRESPONDERIAM A DIFERENÇAS RECLAMADAS PELA UNIMED. NO ENTANTO SÓ REPASSOU PARA A PRESTADORA DUAS PARCELAS.
EM DUAS OPORTUNIDADES COBRAMOS DO PRESIDENTE A DEVOLUÇÃO DA 3ª PARCELA E NÃO FOMOS ATENDIDO ATÉ O PRESENTE MOMENTO.
O MONTANTE DA 3ª PARCELA ENCONTRA-SE SOB CUSTÓDIA DO SINDESP E DEVERÁ VOLTAR PARA AS MÃOS DE SEUS LEGÍTIMOS DONOS QUE SOMOS NÓS. NÃO VAMOS ESQUECER E ESTAREMOS COBRANDO ATÉ QUE A RESTITUIÇÃO SEJA CONSUMADA.

FIQUEMOS AGORA COM ALIZÉE

E COM AS NOSSAS ESTATÍSTICAS AOS 59 MINUTOS DE SÁBADO, DIA30.04.2016


Visualizações de página de hoje

57
Visualizações de página de ontem

539
Visualizações de página do mês passado


10.143

Histórico de todas as visualizações de página


982.709

NOVAS ESTATÍSTICAS APURADAS ÀS 19:47 DE SÁBADO 30.04.2016

Visualizações de página de hoje

305
Visualizações de página de ontem

539

quinta-feira, 28 de abril de 2016

ONDE ESTÁ O NOSSO DINHEIRO? RESPONDE BRADESCO!

2ª EDIÇÃO DE HOJE, QUINTA-FEIRA, DIA 28 DE ABRIL DE 2016
DILETOS AMIGOS, DILETAS AMIGAS
O mais recente alvará foi assinado e publicado no dia 18 de abril e, até a hora desta postagem (10:40 h), nenhuma informação havia chegado até o posto da Caixa Econômica do TRT onde temos as nossas contas. A demora é inexplicável e abusiva!
A julgar pelas informações aqui divulgadas na postagem anterior é o BRADESCO que está dificultando as coisas. Não faz sentido tanta demora. É um deboche.
Lançamos um desafio ao BRADESCO PARA QUE CONFIRME OU NEGUE A INFORMAÇÃO E, CASO SEJA VERDADEIRA, PROVIDENCIE IMEDIATAMENTE A REMESSA DO NUMERÁRIO PARA A CAIXA ECONÔMICA.
ABAIXO O DESRESPEITO E A ESPECULAÇÃO COM NOSSO DINHEIRO. 
NOTA DO BLOG:
O GOVERNO DO ESTADO MANTÉM CONTAS NO BRADESCO, NA CAIXA ECONÔMICA, NO BANCO DO BRASIL E NO BANCO DO NORDESTE.
DESTA VEZ, SEGUNDO A NOSSA FONTE, O BLOQUEIO FOI REALIZADO EM CONTA DO BRADESCO. ISTO EXPLICA A CAUSA DE UMA DEMORA MAIOR.
SUGERIMOS AO DESTEMPERADO MAU CARÁTER, ANALFABETO FUNCIONAL E PARANOICO ANÔNIMO QUE ANTES DE OFENDER O ADMINISTRADOR DO BLOG APRENDA A LER E ENTENDER AS INFORMAÇÕES NA SUA INTEIREZA.

Fiquemos agora com a fenomenal Gal Costa
Nossas estatísticas às 10:55 h de 28.04.2016


Visualizações de página de hoje
246
Visualizações de página de ontem
456
Visualizações de página do mês passado


10.095

Histórico de todas as visualizações de página






981.740

ATRASO NOS DEPÓSITOS DA PRESTAÇÃO DE ABRIL

EDIÇÃO DE HOJE, QUINTA-FEIRA, DIA 28 DE ABRIL DE 2016
CARÍSSIMOS AMIGAS CARÍSSIMAS AMIGAS

UMA EXPLICAÇÃO


Na busca de informações sobre o atraso no depósito dos créditos nas nossas contas soubemos através de uma fonte que a demora se deve a duas circunstâncias:
1. O bloqueio desta vez atingiu contas do BRADESCO
2. O alvará só chegou sexta-feira ao BRADESCO porque a Dra. Glayddes Sindeaux estaria viajando.
O BRADESCO sempre libera o recurso no limite de 72 horas.
Esta é uma explicação razoável para o atraso. 
Confirmadas as informações acima é possível que hoje ou sexta-feira tenhamos notícias mais consistentes sobre o início dos depósitos.

ENQUETES


Participe de nossas enquetes. Vote. As questões suscitadas são de importância fundamental para a categoria. Não peque por omissão.
Procure na aba da direito no alto do blog e assinale seu voto. Não fuja à luta.

Fiquemos agora com Debbie Reynolds interpretando Tammy
Nossas estatísticas à 01:30 h de quinta feira:

Visualizações de página de hoje
65
Visualizações de página de ontem
456
Visualizações de página do mês passado

9.914

Histórico de todas as visualizações de página

981.559

BOM DIA PARA TODOS!!!

terça-feira, 26 de abril de 2016

NARRATIVAS SOBRE O PLANO VERÃO, NOTÍCIAS DA QUARTA VARA E ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O SINDESP

EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA-FEIRA, DIA 26 DE ABRIL DE 2016
QUERIDOS AMIGO, QUERIDAS AMIGAS
Do professor Manoel Azevedo recebemos documentos referentes ao processo do Plano Verão que corre na 2ª Vara e da ação PISO SALARIAL que tramita na 4ª Vara da Justiça do Trabalho. Nesta edição trataremos, portanto dos dois temas e faremos algumas considerações sobre o momento vivenciado pelo SINDESP sob a presidência do professor Marcus Leopoldino.

PLANO VERÃO

Em que pese alguma dificuldade gerada pela falta de informação, acreditamos que as pendências foram resolvidas e o processo caminha para a fase de liquidação.


Notificação da 2ª Vara da Justiça do Trabalho


O QUE É LIQUIDAÇÃO?

Consoante o site DIREITONET
Consiste no ato preliminar da execução de sentença ilíquida(*), que tem por fim apurar a quantidade certa do valor da condenação.  Pode ser realizada por meio de cálculo aritmético, que será apresentado pelo próprio credor para cumprimento da sentença; por arbitramento, quando determinado pela sentença ou convencionado pelas partes, ou nos casos em que a natureza do objeto o exigir, podendo ser efetuado apenas por perito com conhecimento técnico; e por artigos, quando, para apurar o valor da condenação, há necessidade de alegar e provar fato novo. 
(*) Sentença ilíquida - é a sentença que não determina quantum debeatur (valor da condenação) ou não individualiza o objeto. Destarte, a sentença pode ser ilíquida quanto à quantidade, à coisa ou ao fato devidos.
Fundamentação:
  • Artigos 475-A a 475-H, todos do Código de Processo Civil
PISO SALARIAL

No site da Quarta Vara da Justiça do Trabalho está albergado um despacho da eminente juíza Dra. Karine Lewinter que trata de algumas petições protocoladas naquela corte. Leiamos:
Despacho da Dra. Kaline Lewinter

SINDESP:


Para dirimir dúvidas e deixar clara a nossa posição em relação ao SINDESP, informamos:

1. Discordamos frontalmente de qualquer demolição e reconstrução de sua sede de Fortaleza. Concordamos apenas com a recuperação do telhado e alguns reparos emergenciais. Se estiver sobrando dinheiro que ele seja aplicado na confecção das planilhas. Afinal há mais de vinte anos estamos contribuindo e quase nada recebendo de contrapartida. Demolir e reconstruir a sede do SINDESP é um gesto temerário, perdulário e inoportuno. Temos o direito de nos manifestar contra. O nosso dinheiro tem que ser melhor administrado.

2. Cobramos e exigimos publicamente a devolução da parcela excedente que fomos induzidos a pagar e que não foi repassada à UNIMED. Pode até não ser significativa, mas nos pertence.
3. Somos partidários de uma renovação completa da diretoria do SINDESP. O grupo que está no poder representa a continuidade de uma política equivocada de omissão e falta de transparência ao longo dos últimos vinte anos.
4. Exigimos, por ser de direito nosso, uma prestação de contas do período em que o professor Marcus Leopoldino está administrando o SINDESP.
5. Cobramos ainda uma assembleia geral para que sejam dadas explicações sobre a confecção da planilha de cálculos dos precatórios que é da responsabilidade do SINDESP como patrono (e não padrasto) da causa.
6. Convidado pelo professor Marcus Leopoldino, em duas ocasiões estivemos conversando com o presidente atual do SINDESP tratando desses e de outros assuntos. Não obtivemos êxito naquilo que, cordialmente, reivindicamos. 
7. Não devemos e nem podemos comprometer nossa dignidade sendo cúmplices de desmandos conforme já informamos em postagem anterior.
8. Fica portando dado nosso recado em consonância com outros professores que temos reunido nos últimos dias. É hora de uma RENOVAÇÃO RADICAL  na diretoria do SINDESP. Não somos candidato, mas apoiaremos uma proposta de mudança e emprestaremos todo o nosso apoio inclusive em visitas e contatos no Interior.
É hora de reagir! Mudança e renovação são imperativos de sobrevivência do SINDESP!!!
NÓS SEMPRE CULTIVAMOS A TRANSPARÊNCIA E, SEM AGRESSÕES, ESTAREMOS SEMPRE A SERVIÇO DA VERDADE E DA JUSTIÇA! SEM ÓDIO, MAS TAMBÉM SEM MEDO! 
Responda as enquete que estarão disponíveis na aba direita do blog. 
Em tempo: fomos avisado pelo professor Arnoldo que logo mais as 14  horas alguns professores estarão reunidos na APESC para tratar da ameaça de demolição da sede do SINDESP.

DIFERENÇA DE ABRIL
Estivemos no posto da CAIXA ontem por volta das 11:00 h. Fizemos contato com a gerente. Não havia chegado nenhuma informação sobre a prestação de abril. Vamos tentar alguma informação ao longo do dia.

VISUALIZAÇÃO DO BLOG
Às duas da matina estas são as estatísticas do blog. Veja o mapa completo:
Esperamos que os maledicentes que a esta hora estão dormindo sintam-se contemplados. Recomendamos o uso de uma lupa.

E para o dia nascer feliz vamos escutar agora Nat King Cole





terça-feira, 19 de abril de 2016

SAIU O NOVO ALVARÁ. NOTÍCIA DO PLANO BRESSER.

EDIÇÃO DE HOJE, SEGUNDA-FEIRA, DIA 18 DE ABRIL DE 2016
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS

Saiu mais um alvará,  da lavra da Meritíssima Juíza Dra. Kaline Lewinter,que já está publicado no site da quarta vara. Vamos reproduzi-lo para a leitura de todos.



VEJAMOS A TIMELINE DA QUARTA VARA COM AS MAIS RECENTES MOVIMENTAÇÕES

PLANO BRESSER


A informação do site da 2ª Vara da Justiça do Trabalho onde está albergado o processo à epígrafe dá conta da remessa, pela assessoria jurídica da UECE, das fichas financeiras do professor Silvio Augusto Couto de Castelo. O citado professor estava mais uma vez sendo excluído. Cotejando a listagem remetida pela 2ª Vara e a que enviada que foi encaminhada àquela corte, percebemos a ausência do nome do aludido professor. Isto posto retornamos ao DEPES onde fomos prontamente atendido. A ficha financeira foi localizada, remetida para assessoria jurídica da UECE onde o Dr. Rodrigo Gondim Carneiro de imediato encaminhou para a 2ª Vara. 
Missão cumprida, professor Silvio Castelo. Vamos agora aguardar as providências do(a) titular da 2ª Vara.

Fiquemos agora com  Doris Day interpretando Fly Me To The Moon.






Nossas estatísticas aos 30 minutos de terça-feira, 19 de abril de 2016
A CAMINHO DE 1.000.000 (UM MILHÃO ) DE VISUALIZAÇÕES!

Visualizações de página de hoje
93
Visualizações de página de ontem
442
Visualizações de página do mês passado

10.373
Histórico de todas as visualizações de página

978.456
.
BOM DIA!!!


segunda-feira, 11 de abril de 2016

ENTRE RÉPLICA E TRÉPLICA COMO FICA O SINDESP?

EDIÇÃO DE HOJE, SEGUNDA-FEIRA, DIA 11 DE ABRIL DE 2016
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS

Na edição do dia 05 de abril  publicamos neste blog, a pedido, um e-mail enviado ao presidente do SINDESP professor Marcus Leopoldino pelo professor Antonio Cruz Vasques. Recebemos, também um e-mail com a resposta do professor Marcus Leopoldino  e outro do Professor Vasques. 
Como tais manifestações estão devidamente assinadas e vazadas em termos educados o blog as reproduz nesta edição.
Leiamos:

Em 05/04/2016 10:47, antonio vasques escreveu:
Prezado professor Marcus Leopoldino,
Creio estar expressando o que pensam centenas dos substituídos do piso salarial 
O SINDESP deveria URGENTEMENTE contratar um contador que tenha fé pública para calcular uma ESTIMATIVA de nossos POSSÍVEIS precatórios individuais 
Grafo ESTIMATIVA  e POSSÍVEIS por saber que só teremos precatório quando o piso for reimplantado 
Mas é absolutamente necessária e, repito, URGENTE a providência de mandar calcular essas estimativas 
Creio que pela arrecadação mensal em torno de R$ 70 mil oriunda de nossas contribuições o SINDESP não terá problemas em contratar URGENTEMENTE um excelente contador 
Estarei divulgando esta mensagem para conhecimento de nossos desassistidos associados do SINDESP,  que nada oferta de serviços para uma categoria de idosos . Pelo menos mandar calcular URGENTEMENTE os POSSÍVEIS precatórios já seria um serviço relevante .

Cordialmente,
ANTONIO VASQUES,D.Sc.,Pós Doutor
Celular:+55 85 987777604


Assunto:
Re: CÁLCULO PRECATÓRIOS
Data:
09/04/2016 10:16
De:
Marcus Antonius Melo de Leopoldino
Para:
antonio vasques
 Prezado professor Antonio Vasques,
 Recebi seu e-mail sobre cálculo de precatórios a serem inscritos no processo que todos denominamos de “processo do piso salarial” .
Estranhei a procura por protagonismo!
O senhor, todos sabemos, era um dos substituídos que não acreditava que esse processo pudesse chegar a deslinde satisfatório e inclusive, quando participou do governo, nada fez para que pudéssemos resolver a pendência. Apostava como isso nunca aconteceria.
O senhor se juntou aos professores que, alguns desde a primeira hora, somaram esforços com o SINDESP?
Pelo contrário, o senhor zombava. Éramos inocentes e ingênuos. Estávamos buscando o impossível. Se ganhássemos não levaríamos.
Os substituídos neste processo patrocinado pelo SINDESP, têm hoje determinado ganho de causa em processo transitado em julgado sem possibilidade de discussão em nenhuma instância judicial. Por providencia e operosidade desse sindicato. E, não nos esqueçamos, de que um grupo de professores que também muito fez para que isso se concretizasse, não cito nomes para não cometer a injustiça de esquecer de alguém.
Resta agora a execução. Que está sendo processada com flagrante desrespeito ao Poder Judiciário por parte do Governo do Estado do Ceará. Já recebeu ordem de implantação e não o faz. Daí estarmos recebendo por via de sequestro judicial.
Quanto ao cálculo do precatório, estamos providenciando. Levantando custos junto a profissionais da área contábil. Estamos trabalhando, em conjunto com o escritório de advocacia que patrocina a causa.
Por sinal aquele mesmo escritório que o senhor e alguns desavisados estavam tentando retirar o patrocínio da causa. Estavam querendo desconstituir quem nunca constituíram.
Soube disso e também com quem V. Sa. estava acompanhado. Agora compreendo o ditado: Dize-me com quem andas que dir-te-ei quem és.
Se não está para ajudar, pelo menos não atrapalhe. Já está de bom tamanho.
Atenciosamente
Marcus Melo Leopoldino
  

antonio vasques  respondeu em 9 de abril de 2016
Descrição: https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
Descrição: https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
Descrição: https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
para Marcus
Descrição: https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
Bom dia!
Quando estava como secretário de Ciência tecnologia e educação superior fui com o professor Manasses ao governador Tasso levar proposta SINDESP de acordo . O governador recusou-se a firma-lo. Professor Manasses está em pleno gozo de saúde e pode comprovar o que afirmo 
Não admito portanto críticas como a sua,  já que quando ocupei o cargo fiz a minha parte 
A inoperância do SINDESP é flagrante .O caso  de encerramento do Convênio com a UNIMED, que prejudicou a todos nós ,deve ser colocado como uma marca da inoperância de sua "gestão" 
Estou muito bem acompanhado por colegas que comungam de minha opinião sobre a, repito, inoperância do SINDESP
Por que só agora está solicitando os cálculos dos possíveis precatórios ? 
Foi preciso vários colegas cobrarem uma providência que deveria ter sido tomada há tempos
Outra coisa : quero lhe pedir maior transparência quanto à situação financeira do SINDESP
Faço-lhe um desafio : convoque uma assembleia para que , pela primeira vez, preste contas e nos demonstre como estão sendo utilizados os R$ 70 mil que mensalmente são arrecadados 
Vou continuar publicizando nossas correspondências nos espaços disponíveis.
Quanto ao escritório de advocacia mencionado peço que me remeta o contrato firmado com o SINDESP onde consta nossa obrigação de pagar 20% de honorários 
Aguardo suas obsequiosas providências 

Cordialmente,
ANTONIO VASQUES,D.Sc.,Pós Doutor
·         Enviado pelo IPhone 

   

Nota do blog:
Este é um ano eleitoral. O administrador do blog não é candidato, mas entende que deve haver uma alternativa para renovar a direção do SINDESP. São vinte anos de permanência de uma administração que não prima pela transparência nas informações sobre o andamento da ação PISO SALARIAL e nem presta contas sobre a utilização dos recursos advindos de nossa contribuição.
Todos nós somos culpados de omissão. É lamentável que uma categoria de professores universitários tenha silenciado durante tanto tempo. 
Por duas ocasiões tentamos lançar uma chapa alternativa, E até entramos na justiça. No entanto, uma liminar que nos foi concedida numa sexta-feira em final de expediente, foi cassada na tarde  de domingo, véspera de eleição, por um juiz de plantão que não se dignou fazer uma análise mais acurada das razões invocadas.
Em outra ocasião, uma desembargadora que lecionava na UECE (portanto deveria se julgar impedida) cassou uma outra liminar.
Diga-se de passagem que as condições para montar uma chapa são draconianas:  dezenas de cargos e representantes e suplentes em todas as unidades do Interior. Outra excentricidade é a duração do mandato da diretoria de QUATRO anos. Isso não é comum. É um absurdo.
Durante todos esses de blog (nove anos) mantivemos uma relação formal e cordial com os dirigentes do SINDESP. Mas nunca compactuamos com desmandos. Essa relação jamais nos impedirá de criticar e combater absurdos. Temos evitado mostrar as fraturas expostas do SINDESP no blog para evitar a utilização dessas fragilidades pelo inimigo comum que sempre foi e continua sendo o Governo do Estado, seja qual for a cor partidária do governador. Mas já externamos a nossa preocupação através de duas cartas abertas enviada através dos e-mails que nós cadastramos.
Apenas priorizamos a defesa do PISO SALARIAL e nunca pleiteamos a ocupação de cargos. A nossa carreira política está definitivamente encerrada desde o dia da nossa aposentadoria há mais de cinco anos. 
Repetindo não somos candidato a nenhum cargo. As condições de saúde e a falta de tempo não me permitem mais enfrentar grandes desafios.
No entanto, apoiaremos uma iniciativa de pessoas de boa índole, reconhecida competência, integras, corajosas e comprometidas com a restauração do SINDESP. É hora de ser posta uma alternativa.
Caso não seja possível refundar o SINDESP resta a pior alternativa  e a mais radical que é a desfiliação em massa.
É tempo de refletir sobre o futuro do SINDESP. Com a palavra os associados de boa vontade,
Grande abraço