JULGAMENTO HISTÓRICO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM 01.12.2011

CLIQUE NOS LINKS PARA ASSISTIR O JULGAMENTO HISTÓRICO DE 01.12.2011

ESTAMOS DISPONIBILIZANDO OS LINKS DO YOU TUBE ENVIADOS PELO PROF. MANOEL AZEVEDO. É SÓ CLICAR E VERÁ OS VÁRIOS MOMENTOS DAQUELE HISTÓRICO JULGAMENTO.

Abaixo, respectivamente, estão os endereços no youtube das partes 1 de 5, 2 de 5, 3 de 5, 4 de 5 e 5 de 5 do vídeo do julgamento histórico no STF.

http://www.youtube.com/watch?v=w4DHkYcKpoo
http://www.youtube.com/watch?v=rRE6L0fu4Ks
http://www.youtube.com/watch?v=gQzH1FNS5Sg
http://www.youtube.com/watch?v=8FqTJqKrjww
http://www.youtube.com/watch?v=z1UKoALstcI

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

BOAS NOTÍCIAS DO SINDESP: TOTALMENTE RECUPERADO O TELHADO DA SEDE DE FORTALEZA E INÍCIO DAS NEGOCIAÇÕES COM A UNIMED.

EDIÇÃO DE HOJE, DIA 24 DE FEVEREIRO DE 2017
QUERIDOS AMIGOS,,QUERIDAS AMIGAS
 HOJE A, DIA 24 DE FEVEREIRO A NOSSA ADMINISTRAÇÃO COMPLETA UM MÊS. MUITO JÁ SE FEZ E MUITO AINDA HÁ DE SER FEITO.
Além do acordo feito no Crato para nova destinação da sede do SINDESP, terminamos a semana e o mês com mais algumas conquistas: 

EM TEMPO RECORDE FORAM CONCLUÍDAS AS OBRAS DE RETELHAMENTO DA SEDE DO SINDESP.
DIZEM QUE UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. VEJAM AS FOTOS E COMPAREM:

A SEDE DO SINDESP QUE NÓS ENCONTRAMOS EM 24.01.2017 SEM TELHADO, COM A LAGE EXPOSTA E VAZAMENTOS DE ÁGUA DA CHUVA.


FOTO DA LAGE SEM TELHADO(1)

FOTO DA LAGE SEM TELHADO(2)

FOTO DA LAGE SEM TELHADO(3)



SEDE DO SINDESP SENDO REFORMADA

LINHAS, CAIBROS E RIPAS NOVOS


 LINHAS, CAIBROS E RIPAS NOVOS
HOJE, DIA 24 DE FEVEREIRO UM MÊS DEPOIS DA NOSSA POSSE EFETIVA,  A SEDE DO SINDESP JÁ ESTÁ ASSIM, PROTEGIDA DA CHUVA.

FACHADA DO PRÉDIO DO SINDESP COM OBRA DE ALVENARIA E CALHA

NOVO TELHADO COM ALGUMAS TELHAS APROVEITADAS DO ANTIGO

NOVO TELHADO VISTO DE OUTRO ÂNGULO (1)

NOVO TELHADO VISTO DE OUTRO ÂNGULO (2)

NOVA FACHADA DO PRÉDIO COM OBRA DE ALVENARIA

UNIMED: UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL

FORAM INICIADAS, EM AMBIENTE DE CORDIALIDADE, AS NEGOCIAÇÕES NA UNIMED PARA A CONCRETIZAÇÃO DE UM NOVO PLANO EMPRESA ATRAVÉS DE CONSIGNAÇÃO.
Às 11:00 h de ontem, estivemos na sede da UNIMED- Ceará acompanhando  os professores Cândido BC Neto e Gilberto Leitão. Fomos recebido com muita cordialidade pelo presidente Dr. Darival Bringel.
Com ele tratamos, preliminarmente, sobre a possibilidade da pactuação de um novo convênio que nos abrigasse e aos novos docentes da UECE, da URCA e da UVA.  Estamos divulgando em primeira mão porque o presidente mostrou-se simpático à ideia por duas razões: a primeira é pela credibilidade que a nova diretoria inspira e a segunda é a garantia do recebimento integral das mensalidades porque agora a fatura é creditada diretamente na conta da cooperativa.
Para maior agilidade dos trabalhos a comissão de negociação será constituída de apenas três professores: BC Neto, o mediador da audiência, Gilberto Leitão e o presidente do SINDESP.
Quando for oportuno e conveniente, serão divulgados informes sobre o andamento das negociações.

No Crato fomos abordados por colegas que lamentavam a perda do plano coletivo de saúde. O depoimento que mais nos emocionou e tocou fundo no nosso coração foi feito pela professora Lireda. Prometemos lutar pela reconquista do plano empresa. Estamos começando a cumprir nossa promessa.
Querida professora Lireda: ao voltar desse abençoado Cariri fomos surpreendido por um inesperado convite do colega e amigo BC Neto para uma audiência com o Dr. Darival Bringel.
Estamos confiantes. Vai dar certo. Reze por nós!

Na próxima postagem exibiremos as fotos da reunião com docentes da URCA.
Fiquem agora com a cena final de Zorba, o Grego e a magistral interpretação de Antony Quinn.

E COM AS NOSSAS ESTATÍSTICAS

Visualizações de página de hoje
176
Visualizações de página de ontem
629
Visualizações de página do mês passado
18.450
Histórico de todas as visualizações de página
1.153.423

BOM DIA!!!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

SAIU O DESPACHO DO JUIZ SUBSTITUTO DA QUARTA VARA. VALEU A PENA IR AO TRT!!!

EDIÇÃO DE HOJE, QUARTA-FEIRA, DIA 22 DE FEVEREIRO DE 2017
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Está no site da quarta vara da Justiça do Trabalho divulgado nesta manhã o despacho do Meritíssimo Juiz Substituto da Quarta Vara, Dr. Carlos Leonardo Teixeira Carneiro.
Sem mais delongas vamos publicá-lo.




Comentário do blog:
O processo começou a se movimentar. Isso comprova como foi acertada a nossa iniciativa de visitar o TRT no dia 13 de fevereiro. A nossa luta continua. Vamos nos manter unidos e mobilizados. O nosso compromisso com a batalha contínua pela reimplantação do PISO SALARIAL jamais será atropelado por questões menores, por polêmicas estéreis ou críticas gratuitas. Em momento algum descuidamos do foco principal de nossas preocupações. Ontem conseguimos, com diplomacia, equacionar um problema que parecia não ter solução a curto prazo. 
Nosso estilo é da persistência, da serenidade e dedicação ilimitada à causa que abraçamos há mais de onze anos.
Estamos praticando a virtude da paciência e não arredaremos pé da trilha que atenda os interesses da maioria da categoria.
Agradecemos mais uma vez a colaboração do amigo professor Manoel Azevedo pela informação que nos enviou da quarta vara.
Voltaremos mais tarde com detalhes da reunião do Crato.


Fiquemos agora com Gonzaguinha interpretando É



NOSSAS ESTATÍSTICAS AS 14:34 h de hoje 22.02.2017

Visualizações de página de hoje
521
Visualizações de página de ontem
487
Visualizações de página do mês passado
18.838
Histórico de todas as visualizações de página
1.152.168

SUCESSO NA VIAGEM AO CARIRI: OBJETIVOS ALACANÇADS

EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA-FEIRA, 22 DE FEVEREIRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS
Acompanhado pelo professor Nelson Arruda, Diretor de Relação Sindical e do Dr. Júlio Carlos Sampaio Neto estivemos na segunda e na terça-feira no Crato.
Fomos ao Cariri   cumprir duas tarefas importantíssimas: tratar a questão da sede do SINDESP com a presidente da Fundação Cariri e reunir com os professores da URCA para  agradecer-lhes a contribuição no processo de refundação do SINDESP e debater  os itens de uma pauta previamente divulgada.

SOBRE A REVOGAÇÃO DO CONTRATO DE  COMODATO

ATA DA REUNIÃO ACONTECIDA NO SINDESP-URCA EM 21.02.2017

Por volta de 14:30 h estivemos sede do SINDESP onde iniciamos um debate civilizado sobre o comodato assinado em dezembro de 2012 pelo falecido presidente Luis Boaventura cedendo o prédio por 30 anos. Durante uma hora e meia tratamos o tema com a professora Ladislau. 
Em virtude do horário da reunião coletiva marcada para as 16:00 h tivemos que interromper o debate que prosseguiu a partir das 8:30 h, alongando-se até as 10:45 h 
Ao final foi feita uma ata assinada pelos presentes que firmava o compromisso para o encerramento do CONTRATO de COMODATO. 
A FUNCAR, conforme pudemos constatar em fotos, fez investimentos na recuperação do prédio, mantém o imóvel bem conservado. Não foi  contudo, firmado por nós nenhum compromisso de ressarcimento do valor investido nas benfeitorias.
Algumas condições foram estabelecidas. Foi dado um prazo de 90 dias, prorrogável por mais 30,  para a saída da FUNCAR, mas a ocupação do imóvel pelo SINDESP É IMEDIATA.
Atualmente estão funcionando duas turmas de um curso de radiologia e não seria razoável exigir a saída imediata porque seriam prejudicados os alunos. E esse não é o nosso objetivo de educadores. 
Ficou acordado também que no período de convivência do SINDESP com a FUNCAR as despesas de energia (que sempre foram pagas integralmente pelo SINDESP), segurança eletrônica, e limpeza seriam rateadas pelas duas instituições.
Reiteramos que a reunião com a FUNCAR aconteceu em clima de tranquilidade não havendo discussões acirradas e nem arranhões.
O tratamento foi respeitoso e cordial   e o diálogo foi cordial.
Registramos aqui nossos agradecimentos ao professor Nelson Arruda e ao Dr. Júlio Sampaio pela enriquecedora e eficaz contribuição oferecida ao debate e ainda pela disponibilidade em nos acompanhar. Vale registrar que saímos de Fortaleza às 4:00 h da manhã de segunda-feira e quem dirigiu a caminhoneta do SINDESP durante quase oito horas na ida e na volta foi o Dr. Júlio Sampaio.

Devido ao cansaço vamos contar o resto da história mais tarde: o encontro com companheiros e companheiras da URCA e a nossa confraternização.
VOLTAREMOS MAIS TARDE. BOM DIA!!!
FIQUEMOS AGORA COM DAÍRA  INTERPRETANDO PESADELO de PAULO CESAR PINHEIRO.


NOSSAS ESTATÍSTICAS A 1:30 h da matina

Visualizações de página de hoje
90
Visualizações de página de ontem
487
Visualizações de página do mês passado

18.407

Histórico de todas as visualizações de página

1.151.737

sábado, 18 de fevereiro de 2017

BODAS DE PRATA PARA O PROCESSO MAIS INFAME DA JUSTIÇA DO TRABALHO NO CEARÁ

EDIÇÃO EXTRAORDINÁRIA DE HOJE, SÁBADO, DIA 18 DE FEVEREIRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS
Há exatos 25 anos era protocolizado na 4ª Vara da Justiça do Trabalho o  processo de número 39300 que se arrasta até os dias de hoje nos desvãos da justiça. O estado do Ceará usando de artifícios e de procedimentos desonestos, tendo na mentira deslavada seu maior argumento, abusa repetidamente de seu poderio para alongar o nosso sofrimento.
Não faz diferença a coloração partidária do governante. Todos são farinha azeda do mesmo saco.
Relembrar a data do início do processo nos alimenta a indignação.
Ao longo desse lapso de tempo quase 300 companheiros ficaram à margem da estrada. A estatística é alarmante. O substituído falecido recentemente foi atendido como indigente no HGF porque já não podia pagar a exorbitância cobrada pela UNIMED por um plano de saúde.
E o governo sádico e seus bajuladores da PGE, supostos operadores do direito, apostam na nossa morte e na morte das pensionistas para consolidar o calote.
São caloteiros da pior espécie, cínicos, frios e calculistas.
No entanto, não é só o governo litigante de má fé que nos persegue e nos  tortura. Às vezes também ocorrem retrocessos nas instâncias da justiça.
Magistrados têm cometido erros imperdoáveis. É o que ocorreu recentemente na quarta vara da Justiça do Trabalho. Sua Excelência o juiz substituto que foi nomeado para dar continuidade à execução, prolatou uma sentença absurdamente esdrúxula,
Segundo o meritíssimo  juiz, a justiça do Trabalho é incompetente para julgar o nosso processo. E, em consequência dessa sua compreensão com uma única canetada julgou o mérito de um processo transitado em julgado e anulou todas as decisões anteriores dos colegas que o antecederam na primeira instância, dos desembargadores do TRT e dos Ministros do TST e do Supremo Tribunal Federal, E avançou mais ainda contra a nossa categoria ao determinar cálculos para que façamos a restituição daquelas diferenças que recebemos através dos bloqueios judiciais.
O mais estranho deste episódio grotesco foi que a sentença foi produzida sponte propria sem que houvesse provocação das partes. Quem tiver dúvidas verifique no site da quarta vara.
Ademais sua excelência retém o processo e até hoje não se manifestou sobre o agravo de petição protocolizado pela defesa no dia 16 de dezembro de 2016. Sua Excelência está de férias até o dia 24 de fevereiro.

 Na nossa permanência no TRT, no dia 14 de março, o desembargador corregedor Dr. Durval César de Vasconcelos se comprometeu a conversar com o juiz para ele agilizar a sua manifestação.
Poderíamos aqui relatar muitas outras queixas que temos do governo caloteiro, mas isso seria um penoso  exercício de auto-flagelação.
A luta prosseguirá sem tréguas até que o último combatente tombe, Não desistiremos,
Nada de comemoração. Nosso sentimento é de indignação e vergonha de tanta perseguição. 
"O importante é que a nossa emoção sobreviva..."
OUSAR LUTAR! OUSAR VENCER! VENCEREMOS!
fiquemos agora com Mordaça de Paulo César Pinheiro

e com as nossas estatísticas

Visualizações de página de hoje
461
Visualizações de página de ontem
629
Visualizações de página do mês passado


18.854

Histórico de todas as visualizações de página


1.150.045


CONVITE AOS COLEGAS SINDESPIANOS DA URCA



INFORMATIVO DA SEMANA

EDIÇÃO DE HOJE, SÁBADO, DIA 18 DE FEVEREIRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS

Tivemos uma semana de muito trabalho. Tudo o que fizemos era da atribuição exclusiva da presidência e, por essa razão, não distribuímos tarefas.
O nosso trabalho começou às 8;00h da manhã de segunda-feira
Na terça-feira, como é do conhecimento de todos, estivemos do TRT conversando com o Corregedor, Dr. Durval César de Vasconcelos.
Ao longo da semana providenciamos o pagamento das multas e do IPVA de 2015 e 2016 da S-10 DO SINDESP. Posteriormente localizamos, via internet, o antigo proprietário que se revelou solícito e nos ajudou no DETRAN a solicitar uma segunda via do documento de transferência do carro que fora extraviado pelo presidente destituído. Para obter a segunda via tivemos que fazer um novo boletim de ocorrência na delegacia das imediações do Castelão. 
Foram dois dias de andanças, O nosso advogado Dr. Júlio Sampaio nos acompanhou na quarta-feira e na quinta-feira no DETRAN e nos levou também, nos mesmos dias  até a 10ª Vara para uma audiência com a Dra. Suelen de Fátima Morais Baptista de Sabóia diretora de secretaria.
A habilidade do Dr. Júlio nos livrou de apreensão do veículo em 2 blitz na Av do aeroporto.
Duas linhas de telefonia móvel da Claro foram canceladas, mas apresentaram uma dívida de quase mil reais que, obrigatoriamente, teve de ser quitada
O IPVA estava atrasado desde 2014, já na dívida ativa do município, foi totalmente  quitado.
Estivemos com o Dr. Júlio Sampaio na UNIMED Ceará, mas o sr. Maurício estava de férias e os responsáveis pela parte financeira não não se encontravam lá. 
A utilização do certificado digital revelou uma dívida da Receita Federal que, corrigida, chega aos R$ 10.000,00 (dez mil reais) e uma dívida com o INSS que não corrigida é de 8.029,84 (oito mil, vinte e nove reais e oitenta e quatro centavos). 
Ontem estivemos na SEPLAG e, graças ao empenho de dois funcionários, foram liberados, na nossa presença, todas as parcelas retidas durante o período de bloqueio das contas.
Recebemos da Oi um calhamaço de boletos de cobrança alguns dos quais de telefones móveis cujos aparelhos não foram repassados para nós. 
Estivemos ontem na sede do SINDESP documentar as consequências das chuvas. O estrago só não foi maior por conta de um serviço emergencial por nós contratado.
A nossa rotina inclui um trabalho cansativo e quase ininterrupto das 8:00 h às 17:00 h com uma paradinha para o almoço. Por essa razão não temos atualizado o blog todas as noites.
E ainda acham que não fazemos nada!!!
Ao termino do mês será enviada a prestação de contas para a 10ª vara e será enviado um relatório circunstanciado para a caixa postal de cada um com toda a documentação comprobatória.
Prometemos sanear o SINDESP e estamos fazendo a nossa parte.


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

VISITA AO TRT:COMPROMISSO DO CORREGEDOR - ATUALIZAÇÃO

EDIÇÃO DE HOJE, QUARTA-FEIRA, DIA 15 DE FEVEREIRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS
Conforme o anunciado, estivemos ontem no auditório do TRT. Nosso objetivo era sensibilizar sua excelência o Desembargador Corregedor, Dr. Durval
César de Vasconcelos a  fazer gestões junto ao juiz substituto da quarta vara, Dr. Carlos Leonardo para se manifestar sobre o agravo de petição protocolizado desde o
dia 16 de dezembro de 2016 e até agora sem resposta.
Antes de iniciar a sessão fomos chamado pelo Dr. Durval o qual, a princípio, julgou que estávamos ali para cobrar o encontro prometido com o
Procurador Geral da PGE. Explicamos que a nossa presença refletia a nossa preocupação com a demora da ação do juiz substituto da quarta vara na apreciação do agravo de petição.
Naquele momento o sr. Corregedor se comprometeu a fazer um contato de imediato com o referido magistrado tratando da nossa reivindicação. Em virtude do compromisso, consideramos nossa missão cumprida e nos retiramos do plenário do TRT.
Em virtude de compromissos já assumidos, muitos colegas deixaram de comparecer. Registramos 39 presenças. No entanto tivemos o prazer de encontrar, ao lado de vários antigos combatentes, alguns/algumas colegas que, pela primeira vez, acompanharam nossa mobilização. O número foi pequeno, mas bem representativo.
Mais tarde, precisamente às 10:58 h,  recebemos através do whatsapp a seguinte mensagem do Sr. Desembargador Corregedor:
"Prof. Gilberto Telmo, acabei de falar com o juiz Carlos Leonardo ele está de férias, retornando somente no dia 22.02. Ou seja, ele não teve, sequer a oportunidade de despachar a admissibilidade do Agravo de Petição interposto pela Gladys. Vou falar com ele nos próximos dias para que ele dê prioridade máxima a este despacho, quando ele retornar de férias. Tenhamos um pouco de paciência"

Nossa resposta ao Desembargador Corregedor às 15:36 h:
Nobre Desembargador Dr. Durval:
A nossa intenção era chamar a atenção dos nobres desembargadores e das nobres desembargadoras para a demora na tramitação do nosso processo que no  dia 18 próximo completa 25 anos. Ao longo desse tempo perdemos quase 300 companheiros e companheiras. O tempo conspira contra nós nobre desembargador. Confiamos piamente no seu apoio. Em nome da categoria agradecemos o empenho de Vossa Excelência. 

AVISO AOS COMPANHEIROS E  ÀS COMPANHEIRAS DA URCA.

EM VIRTUDE DE PROBLEMAS COM A DOCUMENTAÇÃO DO CARRO, A VIAGEM PARA O CRATO FOI ADIADA PARA SEGUNDA-FEIRA.

FIQUEMOS AGORA COM TRACY CHAPMAN THE PROMISE.

E COM AS NOSSAS ESTATÍSTICAS AOS 50 MINUTOS DE QUINTA-FEIRA, DIA 16 DE FEVEREIRO DE 2017.

Visualizações de página de hoje
105
Visualizações de página de ontem
923
Visualizações de página do mês passado


18.290

Histórico de todas as visualizações de página


1.148.321


terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

HOJE É DIA DE IRMOS AO TRT. VAMOS À LUTA!!!

EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA-FEIRA, DIA 14 DE FEVEREIRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS

A partir da oito da manhã de hoje temos um encontro marcado no TRT cujo endereço já foi divulgado no blog. Foram enviados mais de duzentos e-mails e a convocação foi feita através das redes sociais twitter, google plus, facebook, bloglovin, whatsapp, etc.
Poucos, pouquíssimos mesmos, podem alegar desinformação.
A meteorologia prenuncia tempo chuvoso, mas é necessário um pouco de desprendimento para atender nossa convocação. Afinal, lutar pelo PISO SALARIAL não é tarefa apenas da DIRETORIA do SINDESP ou de meia dúzia de abnegados. 
É TAREFA DE TODOS. E, seguramente, a grande maioria está atravessando grandes dificuldades.
Se você não está satisfeito com a anulação do processo do PISO SALARIAL, FAÇA O MÍNIMO EM DEFESA DE SEUS DIREITOS COMPARECENDO AO TRT LOGO MAIS.
Na ocasião de nossa permanência no TRT será protocolizado um abaixo-assinado (com hífen) dirigido ao Exmo. Sr, Corregedor vazado nos seguintes termos

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR  DURVAL CÉSAR DE VASCONCELOS, M.D. CORREGEDOR DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SÉTIMA REGIÃO

Nós, abaixo assinados, professores das UNIVERSIDADES ESTADUAIS DO ESTADO DO CEARÁ – UECE, URCA e  UVA – vimos, mui respeitosamente, através deste documento,  considerando a vossa  condição de corregedor do TRT, solicitar uma mediação junto ao meritíssimo juiz substituto da quarta vara  para que ele analise e dê  provimento, na celeridade que o caso requer, ao agravo de petição impetrado pela defesa no processo 0039300-21.1992.5.07.0004 que foi protocolizado no dia 16 de dezembro de 2016.

Lembramos a Vossa Excelência, com a devida vênia, que o estatuto do idoso no seu artigo  71 preceitua: “é assegurada prioridade na tramitação dos processos e procedimentos e na execução dos atos e diligências judiciais em que figura como parte ou interveniente pessoa com idade superior ou igual a 60 (sessenta) anos, em qualquer instância”.. Lembramos ainda  que o referido processo completa no próximo dia 18 de fevereiro 25 anos de tramitação nas várias instâncias da Justiça Federal do Trabalho e no STF e  que, ao longo desse tempo, quase 300 substituídos já faleceram.

Fiquemos agora com Ray Charles interpretando You Win Again
    e com as nossas estatísticas:
Visualizações de página de hoje
81
Visualizações de página de ontem
598
Visualizações de página do mês passado


17.921

Histórico de todas as visualizações de página


1.146.528

BOM DIA!!!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

TODOS AO TRT

EDIÇÃO DE HOJE, SEGUNDA-FEIRA, DIA 13 DE FEVEREIRO DE 2017
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
COMPANHEIROS E COMPANHEIRAS DESSA INTERMINÁVEL BATALHA

Daqui a alguns dias ocorrerá o aniversário de 30 anos da suspensão arbitrária e cruel pelo ex-governador Tasso Jereissate do nosso PISO SALARIAL.
De lá até os dias de hoje temos sido submetidos a uma implacável perseguição dos governos que se sucederam, sem nenhuma exceção. 
Altos e baixos!  Momentos curtos de euforia! Longos períodos de sofrimento! Mas, nunca experimentamos tanta crueldade como agora.
É impressionante e inexplicável que um juiz substituto de primeira instância cometa um ato temerário de anulação de um processo transitado em julgado em todas as instâncias da justiça incluindo-se aí o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.
A sentença do juiz Carlos Leonardo em última análise é uma afronta aos desembargadores do TRT, aos ministros do TST e aos ministros do Supremo Tribunal Federal. E, mais que isso, afronta as decisões legítimas de colegas que o antecederam na quarta vara como as corajosas e dignas juízas Milena Moreira, Christianne Diógenes e Kaline Lewinter que, ao tomar conhecimento da sentença devem ter ficado estarrecidas.
Na história dolorosa desse processo e dessa perseguição sórdida chegamos agora ao patamar mais baixo, A anulação do processo era tudo que o estado caloteiro e cínico queria. 
Diante da gravidade do problema é que o SINDESP representando legitimamente a categoria está convocando a todos para uma grande mobilização em defessa de nosso direitos.
Estamos em tempo de guerra. Não vamos desistir nunca. Associe-se à luta da Nova Diretoria. Não seja apenas um mero espectador ou expectador, Seja um MILITANTE!
FAÇA A SUA PARTE COMPARECENDO AMANHÃ ÀS OITO HORAS AO TRT;
O objetivo da nossa presença no TRT é demonstrar nossa insatisfação contra a demora inexplicável da manifestação do juiz substituto da 4ª. Vara ao recurso impetrado pela defesa. Na ocasião será protocolado um abaixo-assinado dirigido ao Exmo. Sr. Corregedor Regional do TRT solicitando providências, dentro de suas atribuições,  no sentido de cobrar junto ao juiz substituto da 4ª Vara agilidade na tramitação do processo. 
VOLTAREMOS MAIS TARDE OU NA MADRUGADA!